Home Esportes Vettel se despede da Ferrari com cantoria, troca de capacetes e elogios...

Vettel se despede da Ferrari com cantoria, troca de capacetes e elogios a Lecler

760
0

A 14ª posição no GP de Abu Dhabi e a 13ª colocação no campeonato de 2020 poderiam ter deixado Sebastian Vettel melancólico. Mas o alemão, que fez sua última corrida pela Ferrari antes de se transferir para a Aston Martin, preferiu levar os insucessos da temporada na esportiva e se despediu de forma bastante simpática de todos os componentes da Ferrari.
Ainda na volta de desaceleração após cruzar a linha de chegada, Vettel ouviu uma mensagem de agradecimento do engenheiro. Após respondê-lo, o alemão disse que tinha uma surpresa para toda a equipe. E começou a cantar uma música de despedida em italiano:
“Vocês são a equipe vermelha, apaixonada
Você nunca vai se render
Minha parada está chegando
Adorei estar com você
Senti a sua magia
Uma sensação extraordinária
Caras, obrigado por me terem
Sentirei a falta de vocês
Saudações a todos vocês de Maranello
Vocês merecem ser mencionados aqui
E adeus, desejo a vocês o melhor
Desejo ser feliz, mas acima de tudo
Estar saudável”
Nos boxes, Vettel cumprimentou um a um os mecânicos e ainda chegou com caixas de cerveja para beber com os companheiros nos boxes enquanto os equipamentos eram desmontados para a viagem de volta de Abu Dhabi para Maranello.
Por fim, Vettel, que usou um capacete especial no GP de Abu Dhabi em agradecimento à Ferrari, trocou a peça com o companheiro Charles Leclerc, que correu com um “casco” em homenagem a Vettel, no qual adotou um layout semelhante ao do tetracampeão, mas com a bandeira de Mônaco no lugar da alemã, e a inscrição “Obrigado Seb”.

O tetracampeão, que chegou a ter entreveros na pista com o monegasco em 2019, escreveu uma mensagem bastante afetuosa a Leclerc no capacete que deu ao colega de 23 anos de idade:

“Para Charles, você é o piloto mais talentoso que encontrei em 15 anos de F1. Não o desperdice. Mas certifique-se de fazer o que fizer para ser feliz e sorrir. Obrigado por tudo!”
Contratado em 2015 como esperança da Ferrari em recuperar um título que não vem desde 2007 com Kimi Raikkonen, Sebastian Vettel disputou 118 corridas pelo time, com 14 vitórias. Apenas Michael Schumacher (72 vezes) e Niki Lauda (15) venceram mais pelo time de Maranello. Porém, como o próprio Vettel admitiu, falhou em não faturar nenhum campeonato e foi vice em 2017 e 2018.
Dispensado pela Ferrari para dar lugar a Carlos Sainz Jr. em 2021, Vettel ainda teve 12 pole positions, 14 voltas mais rápidas e 55 pódios pela Ferrari.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here