Home Esportes Kimi e Ricciardo esperam reação de Vettel: “Ele não foge de um...

Kimi e Ricciardo esperam reação de Vettel: “Ele não foge de um problema”

738
0

Em sua última temporada pela Ferrari, Sebastian Vettel tem vivido um conturbado divórcio com a equipe. No campeonato, o alemão ocupa apenas a 12ª colocação enquanto seu companheiro, Charles Leclerc, é o quarto na tabela, com dois pódios. Apesar disso, seus ex-colegas de equipe não duvidam da capacidade do tetracampeão de superar a fase difícil e dar a volta por cima ainda nesta temporada.
Hoje na Renault, Ricciardo experimentou com Vettel uma situação semelhante a vivenciada por Leclerc. Recém-promovido da STR (hoje AlphaTauri) para a RBR em 2014, ele desbancou o tetracampeão, consolidado na equipe onde era primeiro piloto; venceu três vezes e terminou a temporada em terceiro lugar, duas posições à frente de Vettel, que subiu ao pódio em quatro ocasiões – e não venceu em nenhuma.

  • Uma coisa que acho sobre Seb é que ele é muito apaixonado pelo esporte. Ele é alguém que vai analisar tudo e encontrar uma forma de melhorar. Não acho que ele é o cara que simplesmente foge de um problema. Ele se importa muito, quer seja puro amor pelo esporte ou o orgulho que ele tem. Espero que ele dê a volta por cima – comentou Daniel Ricciardo.

Depois de ser superado pelo colega, em 2015, Vettel agarrou a oportunidade de seguir os passos de sua maior inspiração na categoria, Michael Schumacher, que conquistou cinco dos seus sete títulos pela escuderia italiana. Correndo ao lado de Kimi Raikkonen, conquistou seu primeiro pódio no GP da Austrália, e venceu na etapa seguinte, na Malásia. Intercalando-se entre a intensa disputa interna da Mercedes, Vettel venceu outras duas vezes e foi terceiro lugar na temporada.
Com a experiência de anos correndo na equipe de Maranello, Raikkonen reconheceu que lidar com a gestão da equipe e sobretudo com a mídia e a torcida italiana é um desafio. Entretanto, o campeão de 2007 também duvida que essas questões possam impedir seu ex-colega de continuar o trabalho na escuderia:

  • Tenho certeza que ele não está feliz com o modo com que as coisas estão acontecendo, mas eu duvido que vai afetar como ele faz seu trabalho lá. Acho que ele está nesse esporte tempo suficiente para saber que algumas vezes as coisas são assim e é preciso encontrar um jeito de mudar. Quando eu estava lá, às vezes tínhamos momentos ruins, e os italianos podem ser duros com você na mídia, mas é assim.

Embora tenha garantido já saber que caminho tomará após sua saída da Ferrari no fim do ano, o futuro de Sebastian Vettel na F1 ainda é desconhecido. O alemão chegou a ser cotado na Racing Point, que passará a se chamar Aston Martin, em 2021, mas se há dúvidas sobre sua capacidade de permanecer competitivo na categoria, Daniel Ricciardo discorda.

  • Se ele quer continuar a fazer isso e acredita que pode continuar no alto nível que ele tem mostrado nos últimos dez anos, então é 100% certo que ele vai ficar nesse esporte. Ele é ótimo pra categoria, mas cabe a ele decidir – opinou o australiano.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here