Home Destaques Ciro Gomes critica voto útil em Lula

Ciro Gomes critica voto útil em Lula

510
0

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, fez críticas ao chamado voto útil – prática em que o eleitor, no primeiro turno, deixa de votar no candidato de sua preferência e escolhe um com mais chances, para evitar o avanço de um postulante que rejeita.

O pedetista deu a declaração em São Paulo durante sabatina promovida pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP).

Ciro, que nas pesquisas Ipec mais recentes aparece em terceiro lugar com 7%, comentou o assunto quando perguntado sobre posicionamentos de Caetano Veloso e Tico Santa Cruz. Os artistas, que apoiaram o pedetista em 2018, anunciaram voto em Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para derrotar Jair Bolsonaro, candidato do PL à reeleição.

O voto útil também tem sido defendido por apoiadores e pela campanha de Lula, que vislumbram a possibilidade de vitória do petista já no primeiro turno.

Para Ciro Gomes, a Constituição prevê dois turnos de disputa de modo que eleitor possa escolher, na primeira etapa, o candidato que melhor lhe representa. E para que as bandeiras desse postulante sejam levadas em consideração nas discussões de um eventual segundo turno.

O pedetista classificou como “fascismo de esquerda” a campanha do PT pelo voto útil, o que, na avaliação de Ciro, tem o objetivo de “aniquilar alternativas”, simplificando o debate de ideias.

“Um de cada três eleitores que dizem declarar voto ao Lula o fazem por uma razão pragmática: é o cara que vai tirar o Bolsonaro e sua falta de educação, sua grosseria, seu banditismo. A razão não é o Lula, nem a proposta do Lula, nem o dia seguinte”, afirmou o candidato do PDT.

“É o voto Caetano Veloso, é o voto Tico Santa Cruz. [São] boas pessoas, mas que todos estão lá com a vida ganha. Quem tá preocupado com o dia seguinte é quem não tem plano de saúde, não tem como pagar a mensalidade escolar, é quem está submetido ao terrorismo das facções criminosas nas periferias, é quem tá na fila de cirurgia eletiva”, acrescentou Ciro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here