Home Destaques Ministro deixa a critério do Senado como dará esclarecimentos sobre relatório

Ministro deixa a critério do Senado como dará esclarecimentos sobre relatório

539
0

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, deixou a critério do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), a definição de como serão prestados os esclarecimentos sobre suposto relatório da pasta com dados de opositores do governo.
O ministério fez um relatório sigiloso sobre mais de 500 servidores públicos da área de segurança identificados como integrantes do movimento antifascismo e opositores do governo Jair Bolsonaro.

Na ocasião, a pasta argumentou que a atividade não configura investigação e se concentra exclusivamente na “prevenção da prática de ilícitos e à preservação da segurança das pessoas e do patrimônio público”.
Senadores cobraram que o ministro da Justiça preste esclarecimentos sobre os supostos dossiês. De acordo com a Casa, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Jacques Wagner (PT-BA) apresentaram à requerimentos à Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência nesse sentido.

As negociações sobre como será a reunião envolvem o local (gabinete do ministro ou no próprio Senado), o formato (presencial ou virtual), e quem poderá participar. Inicialmente, o Ministério da Justiça argumentou que, por envolver temas sigilosos, a audiência deveria ser fechada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here